sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Mal do século

Ansiedade tem sido meu nome, bem próximo estou da depressão.
Tento correr pra chegar onde quero, mais o tempo não deixa, tenho que esperar.
Porquê tenho que esperar? Talvez porque tudo se encaixe com o tempo. Mais eu não conheço isso, faço o meu tempo! E isso me desespera...
Preciso de sossego pra ter paz, preciso daquele rapaz!
Assim vou vivendo, tentando acelerar minha alma para a realização de alguma coisa.
Perco por não parar, por não acreditar, por não respirar cada momento. Na verdade, eu, por tanto esperar, tenho pressa.
Nada pode ser pior do que não sair do lugar, preciso de um século para apenas tentar as coisas da vida.
No fundo do meu coração, apenas um amor calmo e tranquilo me faria parar e viver.