domingo, 8 de dezembro de 2013

Me arranque amor

Me arranque daqui! De onde repito costumes,

do dia a dia que me consome!
Me leva amor, pra onde for! Pra onde não há mal humor.
Não aguento obrigações, as horas me deixam nervosa!
Gosto de viver sem olhar no tempo, apenas com o contentamento de você amor!
Me leve daqui! E me faça gozar a vida, sem compromisso.
Me faz um favor? Se comprometa só comigo.
Só você pode me salvar desses rituais malditos, que a sociedade nos impõe!
Vem amor, vamos embora! só vou se for com você,
Do contrário, me deixe aqui, ao menos na memória, com você serei livre.