terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Foi erro meu

Ninguém aceita meus erros,
Ninguém aceita meus pecados.
Ninguém aceita meu passado, e nem meu presente.
Ninguém aceita minha verdade e mal sabem eles que, acreditam na minha mentira.
Ninguém aceita o que quero e o que venero.
Ninguém aceita que eu ponha sal, sem graça é melhor.
Ninguém aceita que eu ponha açúcar, amargo é mais doce.
Eu preciso ser aceito¿! Preciso.

Primeiramente por mim mesmo, depois que eu me aceitar se alguém me aceita ou não, será apenas uma questão de opinião. Acho que devo ser mais egoísta, devo olhar mais pra mim e achar beleza. Preciso me cobrar mais em relação ao que sou. Na verdade, eu nunca precisei da aprovação de ninguém, apenas da minha. Então, daqui pra frente só permanecerá na minha vida quem quiser, quem aceitar meus cafés.