quarta-feira, 17 de julho de 2013

Quanto á moral e bons costumes


É válido repetir que seres humanos são completamente falhos e que a perfeição só pertence á Deus. Há quem vive de vanglória e somente isso é suficiente para si. O dia a dia é uma batalha para todos que visam ter e ser o melhor que pode, que da sua maneira acha correto. Pois esse é o, porém... A maneira que se busca. Como é fácil julgar e apontar o dedinho para o outro, só que quando apontamos um, tem quatro para nós. Quem nunca julgou mal? Somos falhos.

A questão é: sempre será assim? Ou há um tempinho na própria vida que se faz uma autoanálise e vem a reflexão da mudança? O bom é repensar... se reinventar, reformular, refazer, restaurar e além de tudo, aprender. Nada nesta vida que Deus nos deu é fácil, mas enquanto á vida, á chances á oportunidades, é nisso que se precisa focar. O mal é quando o foco mira nas lamúrias e de lá não retorna. O mal é quando entra na mente e desce pro coração e do coração é controlado o comportamentalismo. Quanto á moral e bons costumes, bons costumes alimenta a moral.